sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Praça suja e feia

A Praça Silviano Brandão  está em péssimas condições de manutenção e se tornou um lugar muito desagradável de estar. A principal praça da cidade está ocupada por barracas e quiosques de todo jeito, com o mobiliário e piso quebrados, vive suja e não inspira segurança para a população.
É preciso recuperá-la!

2 comentários:

  1. E não é só isso. Moro na Praça desde 1983 e observo que nos últimos anos ela se tornou "terra de ninguém". Abandonada pelas autoridades [sic] municipais, é palco de tráfico de drogas e prostituição (pessoalmente nunca vi, mas ouvi que há inclusive, infantil). Sem contar, é claro, a baderna (bombinhas e buzinaços dos taxistas), as confusões de grupos que se enfrentam na saída das aulas do CASB, as festas populares que inundam a portaria de nosso prédio de urina e outros dejetos) etc...
    Tenho filhos e não posso levá-los à Praça pra brincar ou andar de bicicleta. Se não fosse o Campus, não teríamos NENHUMA opção de lazer gratuito para crianças aqui na "cidade educadora"... desculpe o comentário em tom de desabafo, mas essa é a realidade...

    ResponderExcluir
  2. Joana D'Arc Germano Hollerbach16 de fevereiro de 2011 19:58

    Penso que não dá pra discutir os problemas (inúmeros) da cidade, sem discutirmos um projeto de educação. Não adianta só levantarmos as várias questões sem propormos alternativas. Eu proponho que, independente do poder público, ou junto dele, façamos alguma proposta de ação para um projeto de educação cidadã: lixo, urbanização, e tudo o que nos incomoda. Topam?

    ResponderExcluir