sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

AUDIÊNCIA PÚBLICA 21/03/2014!!!

AUDIÊNCIA PÚBLICA!!!

No dia 21 de março, sexta-feira, das 8 às 18 horas, no auditório da Biblioteca Central da Universidade Federal de Viçosa, numa promoção da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, sob a coordenação do Deputado Estadual Paulo Lamac, haverá a audiência pública e um Workshop, quando estaremos discutindo os termos da Resolução 4131 da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) de 03 de julho de 2013, que autoriza a erradicação de cerca de 1760 km de linhas ferroviárias na área de concessão da Ferrovia Centro Atlântica, bem como para esclarecer o impacto desta norma no patrimônio histórico ferroviário.

O encontro terá duas partes:

1 - Audiência Pública, com a CONVOCAÇÃO de autoridades gestoras das ferrovias, como a ANTT, o DNIT e a SPU, além de representantes da FCA – FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA e da MRS, para apresentarem explicações sobre a resolução 4131 e o que será feito com linhas desativadas, inclusive o trecho pretendido por nós aqui em Viçosa e, no caso da MRS, apresentar as justificativas da não autorização do funcionamento do projeto PAI DA AVIAÇÃO. É fundamental que o Sr. Jorge Bastos, quem assinou a Portaria 4131, seja convocado, e seu sucessor, se já assumiu a ANTT. Pedimos ainda para que o Deputado Paulo Lamac convide um representante da Fundação Banco do Brasil para participar do evento, uma vez que o projeto TREM DAS SERRAS DE MINAS, por envolver vários municípios, poderá ser patrocinado por aquela instituição, dentro do programa DRS – Desenvolvimento Regional Sustentável, do Banco do Brasil.

2 - Encontro de todas as entidades ferroviaristas para apresentarem suas idéias sobre o uso das linhas desativadas, apresentando os novos projetos de ferrovia do governo federal. A ONG MOVIMENTO NACIONAL AMIGOS DO TREM poderá apresentar o projeto PAI DA AVIAÇÃO, que vai ligar as cidades de Barbacena a Santos Dumont, e que enfrenta sérios problemas com a MRS, que não está autorizando a utilização das linhas; e o projeto TREM DAS SERRAS DE MINAS, que ligará as cidades de Teixeiras, Viçosa, Cajuri, Coimbra e São Geraldo, com grandes possibilidades de ligar ainda as cidades de Visconde do Rio Branco e Ubá. A ONGtrem pode fazer duas apresentações: ASPECTOS ECONÔMICOS DAS FERROVIAS e O QUE FAZER COM AS LINHAS DESATIVADAS. Deve ser convidado o Prof. Nilson Tadeu da UFMG, que participa de grupo em Brasília sobre ferrovias, e poderá dar seu depoimento.

O governo federal anunciou a construção da ferrovia que vai ligar o município de Uruaçu (GO) a Campos dos Goitacazes, passando por Corinto, Ipatinga e vários municípios da Zona da Mata mineira, incluindo Viçosa, com a licitação para este ano, mas o Governo do Estado de Minas Gerais não tomou conhecimento. Está na hora dos representantes da sociedade civil cobrarem ações fortes das autoridades e candidatos a presidente e governador, para que esta ferrovia atenda a todas regiões mineiras e também o transporte de passageiros e não somente os produtores de soja.

Precisamos, agora, com urgência, arregaçar as mangas e trabalhar muito para que este evento seja um sucesso. Vamos precisar de muita ajuda, principalmente dos membros das ONGs e do Deputado Paulo Lamac, para que as autoridades da ANTT, do DNIT, da SPU, da FCA-Ferrovia Centro-Atlântica, da MRS, do Banco do Brasil e do Comando do Batalhão Mauá, de Araguari-MG, estejam presentes, mediante convocação da Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS VOCÊS NESSA IMPORTANTE AUDIÊNCIA PÚBLICA!!!!

DIA 21 DE MARÇO, SEXTA-FEIRA, DAS 8 ÀS 18 HORAS, NA UFV.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Exemplo muito inspirador de Tecnologias Apropriadas. Parc Du Chemin de l’Ile, a Nanterre. ‪#‎Phytorestore‬ (despoluição das águas do Rio Seine a través de sistemas naturais integrados. no final do processo a água limpa é utilizada para irrigar as hortas comunitárias no parque)





Contribuição de Ariel Kogan

Ousar criar



Nossas cidades têm pago caro com gestões medíocres e corruptas. Os administradores só sabem reclamar da falta de recursos e não criam nada, não tentam fazer nada. Planejamento urbano é um termo ignorado. A participação popular ainda engatinha.

Em Minas Gerais, nada se cria, nem nada se copia. Até quando sofreremos com esta situação? Os desafios de gestão urbana estão se agravando e isso só é bom, por enquanto, para os oportunistas.

Organizações indicam que temos um enorme potencial. A informática está aí para ajudar. A participação popular ainda engatinha.

Quem ousa criar alguma coisa? 

Procura-se exemplos de projetos e ações criativas em cidades brasileiras. Lá fora, além dos países desenvolvidos como a Dinamarca, Suécia e Holanda,  cidades que se tornaram ícones como Barcelona e Londres,  a Colômbia tem os exemplos de Medellin e Bogotá.



http://www.criaticidades.com.br/noticias/criatividade-como-desenvolvimento-das-cidades/
http://blog.greenish.com.br/eco-greenish/cidade-criativa#.Uw804aHfuWY
http://www.smart-cities.eu/why-smart-cities.html
Foto:
http://www.dcriativo.com/2013/08/pequenos-e-perfeitos-predios-criados-em-estruturas-urbanas.html
http://urbanlabglobalcities.blogspot.com.br/2011/01/langfang-eco-smart-city-master-plan.html

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DE VIÇOSA

Eis o que 8 dos 15 vereadores de Viçosa/MG colocam ao público.

Viçosa, que já passa por muitos problemas por incompetência administrativa, agora tem a situação agravada por quem foi cassado e é repudiado por setores organizados e pelos vereadores.  Para um prefeito, que é médico,  é imoral, é antiético continuar. Por favor, dê à Viçosa o direito de seguir adiante.


CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DE VIÇOSA

Viçosenses, como não poderia deixar de ser, nós, legítimos representantes do povo, vimos através desta carta manifestar nosso ponto de vista sobre a atual situação de nossa cidade.
Esta instabilidade política que vivemos não é boa para ninguém. Ela atrapalha o desenvolvimento da cidade e prejudica os cidadãos de bem que necessitam dos serviços públicos. Hoje temos um prefeito cassado pela justiça e uma população incerta de seu futuro.
Nós, Vereadores que essa subscrevem, representamos diferentes partidos políticos, temos pensamentos diversos mas estamos unidos por uma razão maior que é nossa cidade. Durante esses 14 meses de mandato apresentamos diversos projetos, discutimos a exaustão de leis enviadas pelo executivo, promovemos audiências públicas pra ouvir a sociedade e buscarmos junto aos governos, estadual e federal, recursos para nosso município. Sempre colocamos o bem de Viçosa na frente de nossas diferenças políticas e nossas preferências partidárias.
Durante esse mesmo tempo fizemos nosso trabalho de vereador. Propomos leis e fiscalizamos o executivo. Infelizmente tivemos que fazer duras críticas a equipe que hoje governa Viçosa. A falta de transparência, o mal uso dos recursos públicos, a omissão na prestação de serviços e a falta de diálogo com a sociedade são marcas deste executivo. Em relação a Câmara não tivemos acesso a documentos, grande parte das indicações sem resposta assim como a ausência em parte considerável de audiências públicas.
A insatisfação com o estado da cidade é voz corrente na sociedade. A tribuna da Câmara é palco de constantes reclamações e lamentos. A imprensa local noticia toda semana escândalos de mal uso do dinheiro público e o estado calamitoso de nossa infraestrutura e nossa saúde. Nossa posição de críticos dessa situação nada mais é do que dar a voz do cidadão o eco que ela merece.
Nosso desejo é que toda essa situação mude. A população não merece este desgoverno. Como defensores que somos do Estado Democrático de Direito sabemos que todos merecem direito de defesa e de recursos. Mas a justiça não vai tardar. Nós também não seremos omissos, se couber a nós tomar providências estas serão tomadas, com a responsabilidade e o senso de justiça que a população espera de seus representantes. Viçosa não merece passar por tudo isso! Nosso povo é trabalhador, honesto, criativo e muito humano, assim sendo necessita de dias melhores!

Viçosa, 25 de fevereiro de 2014.

Marcos Nunes Coelho Júnior
Idelmino Ronivon da Silva
Paulo Roberto Cabral
Carlitos Alves dos Santos
Edenilson José Oliveira
Sérgio Norfino Pinto
Sávio José do Carmo Silva
Geraldo Deusdedit Cardoso

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Qualislândia: La Plata, Argentina

Catedral de La Plata

La Plata, a 50 km de Buenos Aires. 500.000 habitantes.

Uma cidade planejada em um terreno plano. 

Prefeitura e prédios das secretarias nos lados. Ampla praça cívica.

Cidade arborizada.

Parques públicos, prédios administrativos bonitos, arquitetura de diversas épocas. Essa cidade existe.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Celito cassado!?

A juíza eleitoral GIOVANNA TRAVENZOLLI ABREU LOURENÇO determinou a cassação dos diplomas de Celito Francisco Sari e Ângelo Chequer, bem como impõe ao primeiro a sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes ao pleito de 2012.
Em atendimento ao disposto nos artigos 222 e seguintes do Código Eleitoral, declara "nulos os votos atribuídos aos referidos candidatos no pleito de 2012 e, não tendo eles obtido mais de 50% (cinquenta por cento) dos votos válidos, determino sejam diplomados os candidatos da segunda chapa mais votada, encabeçada por Cristina Fontes Araújo Viana".

Carta aberta a Dr. Celito

Carta aberta a Dr. Celito

Lídia Barbosa de Castro

Na sociedade muitos homens brilhantes se tornam medíocres, a vontade de perpetuar no poder a qualquer custo os corrompem. Ninguém é perfeito! O ser humano, com todas as suas vulnerabilidades e limitações físicas, culturais, mentais e emocionais – ainda que trabalhe com o melhor dos esforços e intenções – está sujeito a fazer obras incompletas, incorretas ou equivocadas. 

Ninguém escolhe errar, pelo menos no que se refere à profissionais de verdade. Precisamos acreditar que nenhum erro eventual é voluntário e consciente. Quase sempre erramos quando se busca o acerto – e, neste caso, não merece punição, mas orientação. 


Uma vez ocorrida a falha, a busca de culpados é uma inútil e improdutiva perda de tempo geradora de enormes desgastes emocionais, que, além de não trazer soluções práticas para a correção, ainda compromete seriamente a qualidade das relações interpessoais dos envolvidos. Nessas circunstâncias, seria injusto atribuir a causa do erro eventual à ”falta de competência”, pois também se aprende com os erros. 


A maioria dos erros na vida traz consigo prejuízos de várias naturezas e causam perdas significativas e preocupantes para as quais devem ser encontrados e adotados procedimentos corretivos e preventivos. Importante é não perder de vista as lições que tais erros trazem. 


O cidadão espera que o prefeito se dedique e demonstre preocupação com os problemas da comunidade. O povo elege seu representante sabendo que ele vai acertar e vai errar, mas quer vê-lo atuante. O senhor é médico e hoje está prefeito, enquanto estiver nesse nobre cargo que nos mostre as lições aprendidas com os seus erros administrativos, e que estas possam ser revertidas em prol da população. 


Provavelmente os erros que aconteceram poderiam ter sido evitados. A cidade agoniza e algum procedimento preventivo deveria ter sido adotado, mas não devemos chorar pelo paciente acamado, temos é que tentar salvá-lo. 


Dr. Celito, que tal ministrar para si mesmo uma forte dose de ânimo com algumas gotas de dedicação? Essa receita é infalível e amenizaria a dor do arrependimento que alguns de seus eleitores estão sentindo há tempos. O senhor é capaz! Recomece administrando com mãos de médico, mas sem o bisturi. Guarde, por um tempo, seu jaleco e arregace as mangas, use a caneta com maestria e opere alguns milagres previsíveis. Lembre-se, sem o fogo do entusiasmo não há o calor da vitória. Seus impacientes eleitores agradecem!

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Manual para observar as pessoas na cidade

Por que  estudar o comportamento humano na cidade? O planejador de Jan Gehl responde a esta pergunta em seu novo livro Studying Public Life.


http://yorokobu.es/manual-para-observar-el-humano-en-la-ciudad/?fb_action_ids=706442846054899&fb_action_types=og.likes&fb_source=other_multiline&action_object_map=[470002286437895]&action_type_map=[%22og.likes%22]&action_ref_map=[]

Participe ou não reclame!


domingo, 16 de fevereiro de 2014

Maria do Calçadão, Juiz de Fora


A Rua Halfeld está mais triste e silenciosa. Morreu, na noite de sexta-feira (14/02/2014), Maria Pereira da Silva, a Maria do Calçadão, 68 anos. Vítima de uma insuficiência respiratória, Maria morreu em casa, no Bairro Bandeirantes, região Nordeste da cidade. Familiares disseram que ela havia ficado internada por alguns dias, tendo recebido alta há algumas semanas. O corpo foi velado e sepultado no Cemitério Parque da Saudade. Ela deixa nove filhos.
Conhecida por sua irreverência, Dona Maria do Calçadão estava diariamente cantando e fazendo tricô nas portas de estabelecimentos comerciais da Rua Halfeld. Dona Maria já foi homenageada em 2010, na exposição "Mulheres: Juiz de Fora - 160 anos", que pinçou 160 rostos que se destacaram e se tornaram representativos na cidade. Ela também já foi representada no teatro. Atores do grupo "Putz", criaram uma personagem que imitava Dona Maria. Ela também era figura cativa no plenário da Câmara Municipal. O presidente da Câmara, Julio Gasparette (PMDB), lamentou a morte de Dona Maria. Na segunda-feira, os vereadores farão uma homenagem à sua memória.

http://www.tribunademinas.com.br/cidade/morre-maria-do-calcad-o-1.1424170

Joia do patrimônio arquitetônico

 Matriz Nossa Senhora de Nazaré, em Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto, tombada nacionalmente em 1949. É da fase de transição do estilo português para o joanino. Fachada atarracada, com as duas torres alinhadas.

 Da primeira metade do século XVIII, um dos mais antigos templos de Minas Gerais. Edificada em alvenaria de pedra. Exterior mais simples e um magnífico interior.

Está passando por uma cuidadosa restauração a ser concluída em abril de 2014.

Majestosa igreja, rica em talhas e ornamentos e expressiva pintura barroca de autor desconhecido.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Casa Bandeirista em Amarantina

Uma das raras casas bandeiristas da região das minas de ouro em Minas Gerais foi objeto preservação. Esta fica em Amarantina, distrito de Ouro Preto.

Um telhado mais alto, um fechamento em madeiras por sobre a estrutura de pedras que permaneceu.

Vista geral da casa, com as paredes em pedra, vão fechados com vidro temperado.
   
No interior, sem divisórias, a estrutura independente do telhado em metal, o forro em bambu, o fechamento lateral superior em ripas de madeira. As paredes de pedras foram completadas e sustentadas por argamassa de cor mais forte que a preexistente. Projeto da prefeitura de Ouro Preto.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Economia de água


É momento para pedir que os postos de combustíveis suspendam as duchas nos automóveis!

Caminho do Campo, um lindo projeto



Que tal irmos à cidade vizinha comer estas delícias...


.... passando por estradas assim?
Teixeiras, em Minas Gerais tem um projeto destes! Apoie o projeto Caminho do Campo!

Texto publicado no Jornal Tribuna Livre de 12/08/2014

Em tempos de tantas denúncias e críticas aos nossos governantes, sempre é bom mostrar alguns exemplos positivos. Há um excelente projeto em andamento, o “Caminho do Campo”, dentro do programa de Geração de Renda e Sustentabilidade para o município de Teixeiras, elaborado pela Agência de Desenvolvimento de Viçosa e Região - ADEVI e  pela  Associação dos Produtores de Hortaliças, Frutas, Flores e Plantas Ornamentais de Teixeiras e Região - ASPLAN. O objetivo do projeto é implantar em Teixeiras, um belo roteiro para o agroturismo com vista à geração de receitas no meio rural e promover o contato dos turistas com o cotidiano nas propriedades agrícolas. Com isso o projeto pretende viabilizar uma fonte de renda sustentável e perene para o produtor rural; resgatar e valorizar a cultura local e regional, o saber fazer; além de promover a participação da comunidade local. 

O agroturismo deve se constituir em um fator de desenvolvimento local, contribuindo para manter o meio rural ativo com perspectivas de futuro para os seus jovens. O Programa tem como diretrizes a  recepção dos turistas pelos agricultores familiares; os agricultores familiares que recebem turistas devem mostrar o seu trabalho e o meio ambiente onde vivem, num clima troca de experiências e de respeito mútuo. Os serviços agroturísticos serão planejados e organizados pelos agricultores familiares, com o apoio  da Prefeitura Municipal de Teixeiras e demais entidades como a ADEVI, EMATER-MG, SEBRAE e UFV. O projeto Caminho do Campo quer  aproveitar o grande número de visitantes que a cidade universitária de Viçosa recebe, com seus mais de 500 eventos anuais, e, ainda, atrair as centenas de pessoas que vêm à Teixeiras todos os finais de semana aos excelentes restaurantes especializados em comida mineira, instalados às margens da Rodovia BR 120. 

As Prefeituras de Viçosa, de Cajuri, de Coimbra e de Teixeiras estão trabalhando em parceria com a ONG Movimento Nacional Amigos do Tem, com a UFV e com o Circuito Turístico Serras de Minas, para a revitalização da linha ferroviária que liga essas cidades, com o objetivo de implantar uma linha turística.  Com o trem da Serras de Minas em funcionamento, a cidade de Teixeiras vai passar a receber, nos finais de semana, centenas de turistas vindos de Viçosa e de outras cidades. Assim, o Caminho do Campo vai oferecer aos visitantes belas paisagens rurais, lagos, sítios com produção de flores e plantas ornamentais, artesanato rural, gastronomia, doces caseiros, queijos e requeijões, incluindo o tradicional café rural típico mineiro, com broas e bolos caseiros. 

Um aspecto estético de grande valor será o paisagismo, com o plantio de mudas de hortênsias, manacás e quaresmeiras ao longo das estradas vicinais. Teremos uma paisagem belíssima. A produção das mudas de plantas ornamentais e de flores, de doces, do artesanato, de queijos e demais produtos, poderá ser realizada pelas mulheres e por seus filhos, ficando os homens responsáveis pela produção das atividades tradicionais das propriedades e pela  comercialização dos novos produtos.  É um belo projeto a ser implantado, apoiado e disseminado e que tem tudo para melhorar muito as nossas cidades vizinhas. Torçamos pela sua execução em breve!

CASSAÇÃO DE CELITO?



MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE A CASSAÇÃO DE CELITO SARI

A Juíza eleitoral da Comarca de Viçosa, MG, Giovanna Travenzolli Abreu Lourenço, recebeu o processo movido pelo Ministério Público de Viçosa que pede a cassação do prefeito Celito Sari. A Juíza promete brevidade na análise do processo.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Diga não!


As motocicletas e o trânsito

 Estacionamento de motos no centro de Viçosa, MG. Muito mais vagas para as motos e crescimento em taxas muito maiores que as de automóveis.

Pedestres e motoristas de automóveis: redobrem sua atenção.

As estatísticas nos dão uma boa noção de como ainda é ruim o cenário de acidentes com motocicletas no país. Seja por imprudência dos próprios motociclistas ou condutores de outros veículos, os números são muito alarmantes.
Índices apontam que os acidentes envolvendo mortes representam mais de um terço do total.

http://www.irbbrasilre.com/blog/2013/03/numeros-alarmantes-de-acidentes-com-motocicletas-no-pais/
http://www.mapadaviolencia.org.br/pdf2013/mapa2013_transito.pdf

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Água: Racionar e racionalizar

Atenção, atenção aí prefeito! A falta de chuvas expõe nossa fragilidade ambiental.

A lâmina d'água diminui a cada dia, na lagoa de onde é bombeada a água para Viçosa e para a UFV.
Falta água nas cabeceiras do São Bartolomeu. Podemos ter tempos muito difíceis!
Hora de racionar e tempo de racionalizar.

Foto de Viçosanews.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Pior que não fazer!



Calçadas são asfaltadas para virar ciclovia na Almirante Barroso, em Belém. Ciclistas vão dividir a pista até com orelhões (Foto: Iris Soares/Facebook)

http://www.mobilize.org.br/noticias/5803/calcadas-viram-ciclovias-em-belem.html

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Ciclovias em JF!

Boa campanha!

 

Ver mais:  http://www.tribunademinas.com.br/politica/campanha-para-ciclovias-as-margens-do-paraibuna-1.1419987
Campanha que devia acontecer em todas as cidades!

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

O gigante acorda de novo?




As manifestações de rua começam a ganhar força novamente no Brasil. Preste atenção!! Nem tudo é o que parece ser. Fique atento ao que você assiste por aí...
Esse desenho é fiel ao que acontece ou tem mais gente a fim de quebradeira e bagunça, gente infiltrada com intenções políticas?

Cidade mais Humana

Encantador Sul de Minas

Uma magnífica paisagem do Sul de Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Apoiamos a AMEVIÇOSA










Professores, promotores culturais, artistas, estudantes, ativistas sociais apoiam a AMEVIÇOSA

Qualislândia: Cristina, MG




Cristina,  a "Cidade Imperatriz",  no sul de Minas Gerais,10.500 habitantes, a 1.050 m de altitude. Cidade bonita, bem arrumada, ajardinada. Simples assim.
Foto do panorama geral: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cristina_(Minas_Gerais)

Assim caminha a humanidade

SocialKonnekt ( Fanpage For Brands and Organisations )