sábado, 17 de junho de 2017

PROPOSTAS DE UM PLANO


Texto publicado no jornal A Tribuna, Viçosa-MG, em 14/06/2017

São propostas estruturantes do PlanMob-Viçosa aquelas prioritárias, responsáveis pela mitigação e/ou solução dos principais problemas de mobilidade urbana existentes em Viçosa, a médio e longo prazos, sem as quais a efetividade da circulação urbana não será alcançada.

I. Implantação do anel rodoviário para desviar do interior da malha urbana o tráfego oriundo das BR-120, BR-356 e MG-280, com base no trabalho proposto por Silva (2012); 

II. Implantação das seguintes vias alternativas, com a finalidade de escoar parte do trânsito proveniente dos bairros Nova Viçosa/Posses, Fátima, Bom Jesus, Sagrada Família e Estrelas, com destino à UFV:

1- Via de ligação da área do Colégio Viçosa à MG-280, próximo à Silvicultura; 
2- Via de ligação da área do Colégio Viçosa ao Morro do Pintinho; 
3- Via de ligação do Morro do Cristo a Nova Viçosa. 

III. Implantação da via alternativa de ligação da UFV à BR-120, próximo ao cruzamento com a Rua Antônio Lopes Lélis, com a finalidade de escoar parte do trânsito da Avenida Marechal Castelo Branco. 

IV. Implantação das seguintes vias alternativas previstas no PDFA-UFV 2008-2013, com a finalidade de escoar o trânsito de entrada e saída da UFV:

1- Via Alternativa 2, que liga a Av. Prefeito Geraldo Eustáquio Reis ao campus da UFV, a partir da construção de um trevo na altura do Espaço Aberto de Eventos, seguindo pela encosta localizada aos fundos dos alojamentos Pós e Posinho, até a via que margeia as represas;

2- Via Alternativa 3, que corresponde ao acesso entre a Rodovia BR-120, na altura do trevo de São Miguel do Anta e a Divisão de Saúde, no interior do campus da UFV; 

3- Via Alternativa 4, que corresponde ao acesso entre a rodovia BR-120, na altura do aeroporto, e o Departamento de Veterinária, no interior do campus da UFV; 

V. Transformação do trecho da Rua dos Passos, entre a Rua Dr. Brito e a rotatória do Hospital São João Batista, em via de mão única para caminhões no sentido Centro-Bairros, porque a maior parte dos estabelecimentos comerciais encontra-se à direita do fluxo. 

VI. Implantação de um terminal de cargas (porto seco) em local a ser definido pela Administração Municipal, em consonância com o Plano Diretor do município. 

VII. Implantação de um novo terminal rodoviário interurbano em área localizada num dos eixos de expansão urbana, descentralizado territorialmente e integrado ao sistema viário intermunicipal e local, conforme previsto no Plano Diretor do município, e transformação do atual terminal rodoviário em terminal de ônibus urbanos e interurbanos que atendem à microrregião de Viçosa.

VIII. Implantação de ciclovia ao longo do leito da linha férrea, como medida de curto e médio prazo e implantação de VLT sobre o leito da linha férrea, como medida de longo prazo. 

IX. Oferta de transporte coletivo com trajetos de menor extensão, preferencialmente por micro-ônibus, ligando os bairros ao Centro da cidade (linhas radiais).

X. Elaboração e implantação do Plano de Rotas Acessíveis, a ser implementado em médio prazo;  

XI. Elaboração e implantação do Programa de Rotas Acessíveis para pessoas em cadeiras de rodas e deficientes visuais, em caráter prioritário a ser iniciado em curto prazo; 

XII. Elaboração e implantação do Programa de Melhoramento das Calçadas, com incentivo da Administração Municipal,  a ser iniciado em curto prazo;

XI. Ampliar a oferta de prestação de serviços e funcionalidades ao cidadão e melhorar a gestão municipal por meio de infovias.

Um comentário:

  1. As propostas são muito boas... se a cidade conseguir implementá-las será uma grande vitória...

    ResponderExcluir