quinta-feira, 26 de março de 2015

Reuniões de 23 e 25/03/2015

Reuniões da Revisão do Plano Diretor de Viçosa - 2015

Consulta Pública no Salão do Prof. Élcio, Romão dos Reis, 25/03/2015. Alguns dedicados cidadãos compareceram e contribuíram muito. Dos condomínios fechados, só 5 moradores.

Reunião temática - Planejamento, Gestão, Integração com as instituições de ensino superior, integração entre municípios - poucas pessoas, bastante proveitosa.

domingo, 22 de março de 2015

Revisão do Plano Diretor Viçosa 2015
Reunião Bairros - Fátima / Conceição / Bom Jesus / Estrelas / Sagrada Família
17/03

Pontos Negativos
- Falta de praças com equipamento de recreação bem iluminadas;
- Animais de grande porte nas vias públicas;
- Faltam creches municipais;
- Obras em vias publicas sem sintonia (diálogo) entre prefeitura municipal de Viçosa, SAAE, e CEMIG;
- Falta de sinalização viária;
- Faltam oportunidades de trabalho para jovens;
- Faltam opções de lazer e cultura não atrelados ao consumo de álcool;
- Transporte público de má qualidade;
- Problemas com drenagem urbana.

Pontos Positivos
- A praça do bairro de Fátima ainda é uma das raras praças de Viçosa que está com sua função social ativa.

Sugestões
- Regulamentar o uso das vias pelas auto-escolas;
- Aplicar o IPTU Progressivo;
- Conscientização sobre o transito através de campanhas;
- Reforçar a segurança em locais com autos índices de assalto (Bom Jesus, Fátima);
- Espalhar as academias ao ar livre pela cidade com atividades orientadas por profissionais;
- Construir pontos de ônibus cobertos, com informações de linhas e horários;
- Colocar mais linhas de ônibus;
- Tarifas de ônibus gratuitas aos domingos e feriados;
- Sinalização das ruas e inserção de mecanismos que facilitem a circulação de pedestres (com faixas para atravessar);
- Falta de redutores de velocidade, necessita-se da inserção destas, ao menos nas ruas com mais fluxo de pessoas e carros;
- Criar políticas públicas que estimulem a participação popular (exemplo: orçamento participativo);
- Implementação do Parque do Cristo com equipamentos de esporte, recreação.

Balanço da participação

Revisão do Plano Diretor de Viçosa. Consulta Pública na Estação Cultural Hervê Cordovil, 16/03/2015

Uma longa semana de reuniões (16 a 20/03/2015).
Balanço: pontos positivos e pontos negativos.

Dos negativos:
- houve problemas de divulgação dos cartazes;
- o baixo número de participantes, destacando a ausência, com apenas uma exceção, de Arquitetos e Urbanistas, Engenheiros civis e construtores na reunião temática sobre uso do solo;
- ausência dos líderes comunitários;
- ausência de secretários municipais;
- ausência de vereadores.

Dos positivos ressalto:
- a receptividade dos radialistas em divulgar e me receber para as entrevistas, como o Valentim, a Soninha e o Paulinho Brasília;
- o alto nível das contribuições de quem foi. A reunião de Nova Viçosa foi emocionante, pois as pessoas que lé estiveram, humildes sim, mas com consciência ambiental e de cidadania, e um alteridade incomum;
- as opiniões que estão chegando no grupo Revisão do Plano Diretor no facebook   (https://www.facebook.com/groups/627671164045623/)

Semana que vem serão mais seis reuniões.

1,  Alto Santa Clara / Maria Eugênia / São Sebastião / Coelhas, 23/03,19:00, Escola Municipal Pedro Gomide Filho
2.  Santo Antônio, 24/03,  19:00, Salão Sociedade São Vicente de Paula
3.  Acamari / Romão dos Reis / Rua Nova / Vila Alves / Jardins do Vale / Monteverde e imediações, 25/03,  19:00, Salão do Professor Élcio Cruz de Almeida – Romão dos Reis
4.   Nova Era / Vale do Sol / Inácio Martins / União / Morada do Sol, 26/03, 19:00, Escola Estadual Padre Álvaro Corrêa Borges
5. Barrinha / Cidade Nova, 27/03, 19:00, Escola Municipal Juscelino Kubitschek.

6. Reunião Temática: Gestão (Planejamento / Administração / Desenvolvimento Econômico / relações com instituições de ensino e com cidades vizinhas),  24/03, 09:00, Câmara Municipal.

Convido aos que não foram para contribuir.

sábado, 21 de março de 2015

Reuniões públicas - Relatório preliminar - Reunião Centro

REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE VIÇOSA 
Reunião Estação Cultural (16/03)

PONTOS NEGATIVOS
1) Não cumprimento das leis com relação à segurança pública;
2) Mobilidade urbana Ineficaz; descumprimento à legislação ambiental (nascentes, APP);
3) Destruição do patrimônio material (casarões antigos);
4) Grande especulação da área central causando uma intensa verticalização;
5) Falta acessibilidade;
6) Falta de mobilidade urbana, principalmente na falta de maior ligação entre bairros mais afastados e o centro;
7) Calçamento público precário;
8) Lazer;
9) Meio ambiente;
10) Muito asfalto e pouco calçamento sustentável (permeável);
11) Falta de calçadas padronizadas acessíveis;
12) Falta de áreas verdes e largos,
13) Pinacoteca e espaços de lazer;
14) Falta de ciclovias e bicicletários;
15) Escalada da violência cada vez mais progressiva e audaciosa;
16) Drenagem urbana pluvial insuficiente, intensa impermeabilização do solo e ausência de captação das águas de escoamento superficial;
17) Passeios estreitos e irregulares;
18) Trânsito desumanizado;
19) Falta de diálogo entre instituições e comunidade de forma contínua;
20) Problema da água/pastagens degradadas;
21) Verticalização do centro;
22) Crescimento imobiliário central;
23) Deficiência no transporte coletivo a “zona rural” ou de expansão urbana;
24) Loteamento e ocupação irregular;
25) Falta de infraestrutura para transeuntes e ciclistas;
26) Irregularidade na gestão de resíduos urbanos e da construção civil;
27) Falta de um sistema eficiente de distribuição e trânsito de mercadorias;
28) Saúde;
29) Falta de equipamentos para PSFs e policlínica;
30) Irregularidade dos passeios;
31) Sistema de escoamento de águas precário e insuficiente;
32) Paisagem natural ausente;
33) Falta fiscalização para o cumprimento das leis urbanas em geral (uso do solo, trânsito, etc);
34) Gravidade em Viçosa: água tratada e lixo (o que já existe no Plano Diretor sobre esses problemas “a longo prazo”);
35) Calçadas: estreitas, sem manutenção, cheia de degraus, perigosas, escuras.

PONTOS POSITIVOS
1) Plano municipal de saneamento
2) Espaço reservado à feira aos sábados cultivando a identidade e tradição
3) Atividades culturais nas Quatro Pilastras;
4) Sistema de PSF (João Brás);
5) Pólo educacional; apesar da precária atenção e segurança dada aos pedestres o carro pode ser considerado desnecessário quase sempre;
6) Espaço disponível para construção de escolas e postos de saúde;
7) UFV como pólo educacional elevando o nome de Viçosa a nível estadual/federal/internacional;
8) Comércio diversificado;
9) Muitos novos estabelecimentos no centro da cidade estão trazendo um novo ar para essa região;
10) População permeável à mudanças;
11) Presença local de múltiplas competências;
12) Parceria com pesquisadores e desenvolvedores de tecnologias;
13) Vida cultural diversificada, porém com necessidade de promoção;
14) Espaço para expansão urbana;
15) Ambiente favorável à criatividade;
16) Saúde: cursos de medicina e enfermagem disponibilizando profissionais;
17) Movimentos em favor de mudanças;
18) Respeito às faixas de pedestre;
19) Relativa base social política;
20) Presença de múltiplos conselhos municipais; CMDRS de Viçosa é considerado modelo de organização e participação social (ele é um ator social que focaliza muitas questões de relevo).

SUGESTÕES
1) Integrar ao fórum de delegados do PMSBV (Plano Municipal de Saneamento Básico) as políticas de plano diretor de Viçosa;
2) Parques urbanos para ampliar as opções de lazer para a população;
3) Democracia: que as melhorias não se concentrem apenas no centro da cidade;
4) Oferecer melhores opções de lazer; melhorar a ligação entre centro e bairros mais afastados;
5) Aumentar os momentos em que a comunidade tenha oportunidade de participar;
6) Melhorar o aproveitamento do potencial hídrico do município; anel rodoviário (construção);
7) Direcionamento imobiliário no sentido rodovia Viçosa-Teixeiras;
8) Saúde: construção de novos equipamentos e melhoria dos existentes;
9) Planejamento à longo prazo: lixo e água tratada;
10) Lazer para adolescentes em bairros, escolas, tirando-os das ruas e do meio das drogas, dos bares;
11) Aproveitamento da energia solar de forma obrigatória;
12) Melhoria na área de saneamento, principalmente nos bairros mais afastados;
13) Aproveitar o conhecimento gerado na universidade;
14) Escola de tempo e ensino integral em nossas escolas;
15) Implementar “water sensitive urban design” em áreas de contenção de escoamento superficial (pavimentos permeáveis, revitalização de cursos d’água)
16) Praça Silviano Brandão espaço cultural e esportivo;
17) Porto seco: tirar veículos pesados do centro; remover semáforos: tornar o trânsito mais amigável;
18) COMPLAN com caráter deliberativo;
19) Ouvidoria permanente e diálogo perene;
20) Definição das zonas/ territórios ambiental e econômico;
21) Descentralizar o território (ambiente inteligente);
22) Prestar atenção às paisagens tão prejudicadas com a expansão desregrada que podem amenizar mais de um dos pontos negativos;
23) Implementação da APA do Paraíso;
24) Mobilidade urbana: novas vias para bicicletas, incentivando o seu uso e desestimulando o uso de carros;
25) Melhoria do transporte público (horários, outros modais);
26) Mais incentivo ao uso da bicicleta;
27) Rigidez quanto a legislação ambiental;
28) Conscientização à preservação ambiental e patrimonial;
29) Diminuir/manter gabaritos de edifícios nas zonas;
30) Estabelecimento de medidas compensatórias como forma de reparo aos danos ambientais rurais e urbanos;
31) Desenvolvimento do ideal do comércio local para questões de acessibilidade e outras políticas públicas.

Revisão do Plano Diretor de Viçosa - reuniões de 18 a 20/3/2015

Que participação é essa?
Quem vai, contribui muito. Quem se omite, deixa lacunas.

Reunião temática - Humanas - Câmara Municipal de Viçosa, 18/03/2015. Representantes da Cultura, esportes e lazer. Excelentes contribuições.Nenhum representante das áreas de Saúde, Educação e Ação Social.  Foto da equipe.

Consulta pública, Nova Viçosa, 19/03/2015. Com pessoas com uma consciência coletiva excepcional. Excelentes contribuições. Sem o líder da comunidade, sem representante da Câmara.  Foto da equipe.

Consulta pública, quadra coberta da A. E. V, Bairro de Lourdes, 20/03/2015. Excelentes contribuições. Uma boa representatividade em um local inadequado. Foto da equipe.    

quarta-feira, 18 de março de 2015

Revisão do Plano Diretor de Viçosa - primeiras reuniões

Consulta pública  -  Estação Cultural Hervê Cordovil - 16/03/2015. Excelentes contribuições.


Reunião Temática - uso do solo, patrimônio arquitetônico, habitação social, mobilidade e infraestrutura - Câmara Municipal - 17/03/2015

Consulta pública - Escola Santa Rita, Bairro de Fátima, em 17/03/2015

Bastante divulgação, pouco interesse.

terça-feira, 17 de março de 2015

NÃO PARTICIPE


Eu sou um conhecido construtor da cidade. Ouvi falar dessas tais reuniões públicas. Esses chatos ficam discutindo só bobagens só para atrapalhar meus negócios. Para que ir falar sobre os problemas da cidade, se eu não tenho nada com isso. Crio muitos empregos, movimento a economia, já faço a minha parte. Consigo as coisas da minha maneira. Deixa eles discutirem à vontade.

Eu faço parte da administração da minha universidade. Mas ir a esse negócio de discutir, planejar ou melhorar a cidade, criar oportunidades para a cidade, é importante sim, mas ainda tenho duas reuniões, uns processos para olhar, trabalhos para corrigir. O cargo exige demais de mim, mal dou conta das minhas tarefas. Arranjo uma desculpa e mando alguém no meu lugar.

Eu sou um político importante, um peixe grande, mas quero ir ainda mais longe. Faço parte das decisões ou deixo isso para meus amigos. Esses "filósofos", metidos à besta só enchem minha paciência. Seminário, Conferência, Reunião Pública sobre a cidade, só deixo acontecer porque sou obrigado. Vou lá, participo da abertura do evento. Se possível, saio na foto para os jornais, me mando e vou assar uma carninha com meus correligionários, porque eu sou filho de Deus!

Eu sou um cidadão comum. Trabalhei a semana toda. Estou muito cansado. Ouvi falar da reunião. Sei que é importante, mas não sei o que dizer. Reunião têm muitas, mas, melhorias, eu não vejo. Até pensei em ir, mas deixo as decisões para quem for, acho que eles são mais capacitados. Ainda tenho de ir de ônibus. E se acabar tarde? Como vou voltar? Está frio e parece que vai chover. Preciso só relaxar um pouco. Ôba, já vai começar a novela!

Eu sou estudante universitário. Agora estou morando na cidade, mas vou embora para longe em poucos anos, se Deus quiser! Eu não entendo de política e, ainda por cima, o assunto não tem a ver com a minha formação. Conferência da Cidade? Orçamento Participativo? Audiência Pública? Mas, e se eu fosse?... Vou ver onde é... Vou curtir a postagem. É, não vai dar...  Alô! ... Diga aí, véio ... Onde é o aquecimento da festa? ... Estou indo!

Eu sou um cara resolvido. Passo longe dessas coisas. Fico quieto no meu canto, tudo o que eu não quero é ser lembrado nessas horas. Tenho meus próprios esquemas e me dou muito bem. Eu tenho minha casa confortável, um sitiozinho, dois apartamentos, mais um na praia. Uns dólares aqui e outros acolá. Eu tenho meus automóveis, viajo para onde e quando eu quero. A única coisa que eu tenho a reclamar é sobre o trânsito.  Meio ambiente? É coisa de ecochato.  Patrimônio Histórico? Acho que deviam passar o trator em tudo velho e construir prédios modernos! Saneamento? Desde que o caminhão leve o meu lixo bem pra longe!  Do resto, Deus cuida! Eu vou ficar em casa. Quem quiser, que vá! Vai um uisquinho 18 anos aí?

segunda-feira, 16 de março de 2015

Reuniões públicas de 16/03/2015

Convite aberto à todos os que se interessarem pelo destino de Viçosa.

 

Bom dia! Hoje teremos duas reuniões:
As 9:00h na Câmara - Reunião Temática sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural
Às 19:00 h - Consulta Pública, na Estação Cultural Hervê Cordovil.
Convite aberto à todos os que se interessarem pelo destino de Viçosa.

domingo, 15 de março de 2015

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE VIÇOSA-MG

ATENÇÃO !


AMANHÃ, 16 DE MARÇO, ACONTECERÃO AS SEGUINTES REUNIÕES:

09:00 H - REUNIÃO TEMÁTICA - MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL

19;00 H : CONSULTA PÚBLICA - ESTAÇÃO CULTURAL HERVÊ CORDOVIL.

PARTICIPE! CONTRIBUA!

sexta-feira, 13 de março de 2015

Santa Cruz do Escalvado

A Pedra do Escalvado, patrimônio ambiental de Santa Cruz. 

Usina Hidrelétrica Risoleta Neves

Santa Cruz do Escalvado, uma pequena população urbana, num sítio acidentado,
População em queda. São 5.000 habitantes, 2/3 da população mora em área rural. 

  Um crescimento urbano em áreas de alta declividade, gerando contínuo risco de acidentes.
Uma população envelhecida,  um PIB de 0,625 (médio baixo). 

Um desafio em elaborar um plano diretor, obrigatório através de um Termo de Ajuste de Conduta.


quinta-feira, 12 de março de 2015

Santa Cruz do Escalvado, MG

Iniciaram-se os trabalhos de elaboração do Plano Diretor Participativo de Santa Cruz do Escalvado (5.000 habitantes / 214 km de Belo Horizonte, 75 km de Viçosa)
Na foto o prefeito, secretários, vereadores, junto com a equipe de Viçosa (Ítalo, Luiz Fernando e Ana)

quarta-feira, 11 de março de 2015

Reuniões públicas da semana de 16 a 20/03/2015

Revisão do Plano Diretor de Viçosa
As reuniões começam na próxima semana. Atenção  para as datas, horários e locais


PARTICIPEM!

Convidamos a todos os moradores a participar das reuniões nos grupos de bairros:

Centro, Belvedere, Ramos, Clélia Bernardes, Bela Vista, Passos, Carlos Dias - Estação Cultural Hervê Cordovil, dia 16/03, 19 horas

Fátima, Conceição, Bom Jesus, Estrelas, Sagrada Família: Escola Estadual Santa Rita, dia 17, 19h

Nova Viçosa, Posses:  APOV, dia 19/03, 19 h

Lourdes, Betânia, baixo Santa Clara: AEV, dia 20/03, 19 h

Reuniões temáticas:

Convidamos a participar os senhores membros dos conselhos municipais; engenheiros civis; diretores de escolas; arquitetos e urbanistas; construtores; agentes culturais; membros de ONGs, OSCIPs, presidentes de associações de moradores e demais  interessados.

Meio ambiente e desenvolvimento rural: Câmara Municipal, dia 16/03, 9 horas.

Infraestrutura, Mobilidade, Uso do Solo, Patrimônio Cultural,  Câmara Municipal, dia 17/03, 9 horas.

Saúde, Educação, Ação Social, Esportes, Lazer e Cultura: Câmara Municipal, dia 18/03, 9 horas.

terça-feira, 10 de março de 2015

TREM DAS SERRAS DE MINAS


O projeto CAMINHO DO CAMPO e o TREM DAS SERRAS DE MINAS são trabalhos que estão sendo realizados por técnicos, com muito amor, empenho e dedicação, e que, sem dúvida, gerarão muitos empregos nos municípios envolvidos, proporcionando grandes benefícios principalmente às famílias de agricultores de baixa renda. O CAMINHO DO CAMPO é  a base para o TREM DAS SERRAS DE MINAS.

O projeto TREM DAS SERRAS DE MINAS tem o objetivo de implantar um trem turístico, revitalizando as linhas ferroviárias abandonadas que cortam os municípios de Teixeiras, Viçosa, Cajuri, Coimbra, São Geraldo e Visconde do Rio Branco, cidades que tem um apelo muito forte e já se mostram com vocação para o turismo rural, turismo de negócios, turismo ecológico e turismo de aventuras.

Acreditamos que Teixeiras e as cidades do entorno podem ser a “Gramado” de Minas Gerais ou a “Suíça” brasileira.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Prazo para o Planos de Mobilidade




Faltam só quatro semanas para terminar o prazo previsto na Política Nacional de Mobilidade (Lei 12587/2012) para que municípios com mais de 20 mil habitantes preparem seus planos diretores de mobilidade urbana. 
A partir daí, prefeituras que não tiverem plano detalhado não poderão obter recursos federais para projetos de transportes urbanos.
Quantos municípios estão tomando essa providência?
http://mobilidadeurbana.buzios.rj.gov.br/ 
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/m_boi_mirim/noticias/?p=55424
http://portaldailha.com.br/noticias/lernoticia.php?id=22522/populacao-podera-discutir-o-plano-de-mobilidade-urbana-sustentavel-da-grande-flo

domingo, 8 de março de 2015

Cansados de esperar.

Tomo a liberdade de publicar essa carta dos companheiros do Instituto Sócio Ambiental de Viçosa - ISA-Viçosa

Cansados de esperar...algumas pessoas começam a se mexer para fazer acontecer a conservação das nascentes do São Bartolomeu, na prática. Cansamos de sites, placas, propagandas, workshops, reuniões, relatórios, levantamentos (e chegamos à conlusão de que já há vários desses - dizer que precisa de mais é procrastinação):
Queremos as estacas e arames cercando as nascentes, as caixas secas abertas, os terraços feitos, os topos de morro florestados, o produtor aumentando sua água e a cidade passando menos aperto com as secas.
Procuraremos os órgãos oficiais oportunamente pois sabemos de sua importância, especialmente:
- O SAAE, implementando a figura do Produtor de Água e entrando em outras parcerias;
- A PMV e IEF, embargando e multando de fato os desmandos que estão em curso nos barrancos e obras das cabeceiras do São Bartolomeu enquanto a APA não é criada - não uma APA de faz de conta, para agradar também a especuladores imobiliários, mas uma que garanta que a cidade de Viçosa poderá continuar contando com os 55-60% de águas que lhes chegam às caixas d'água pelo São Bartolomeu.
- O MINISTÉRIO PÚBLICO - fiscalizando o Poder Público e ajudando-nos a viabilizar nossas ações;
- EMATER e UFV (além dos profissionais já envolvidos) - com a assistência técnica.
Se você é ESTUDANTE e, como aqueles de países mais deenvolvidos (e váriso daqui mesmo) quer também parar de apenas falar em conservação da natureza e fazer, na prática, terá agora uma bela chance.
A primeira reunião foi hoje, com representantes do Instituto Sócio Ambiental de Viçosa (ISA-Viçosa http://www.isavicosa.org/pt/) (http://www.isavicosa.org/pt/blog), da Associação de Moradores do Paraíso, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) e da AMEVIÇOSA, alguns deles também professores da UFV.

Comunidade do Palmital 07/03/2015.